Blog

Qual a importância do motor do automóvel?

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

O motor é “o coração do veículo”, assim, é genéricamente aceite que o motor é uma das partes mais importantes do automóvel. Logo, saber cuidar bem deste componente tão importante, é essencial para que tenha uma longa durabilidade e não traga dores de cabeça.

Pensando nisso, neste artigo veremos quais são os seus principais componentes, como ele funciona, o que avaliar nele.

Como funciona e quais são os principais componentes do motor de carro?

Apesar de toda a tecnologia empregada nos motores atuais, o seu funcionamento básico não mudou muito ao longo dos anos — com exceção dos híbridos. Basicamente, o motor do carro é um conjunto de vários componentes cuja função é gerar a energia necessária para que o veículo se movimente.

Entre as várias peças que o compõem, podemos destacar:

  • bloco;
  • pistões;
  • válvulas;
  • distribuidor;
  • velas de ignição;
  • cabeça do motor.

O funcionamento básico é relativamente simples: ao injetar-se combustível na câmara que acomoda os pistões, por meio de uma faísca gerada pelas velas de ignição acontece uma explosão.

A força gerada movimenta os pistões, que transferem a sua energia para uma espécie de alavanca cuja função é converter o movimento linear em circular. Este processo repete-se várias vezes, e a rotação gerada pelo motor é passada à transmissão e, por fim, às rodas.

O responsável por injetar o combustível na câmara dos pistões é a injeção eletrônica ou o carburador, que não é encontrado em veículos mais novos. Dispositivos auxiliares — como o módulo de controle, radiador e alternador — mantêm o sistema a funcionar corretamente, e na temperatura adequada.

Os motores de carro a diesel funcionam de forma bem semelhante, porém, em vez de velas de ignição, eles usam muita pressão para causar as explosões e forçar o movimento dos pistões.

Algumas considerações sobre o que avaliar ao comprar um automóvel:

  • Seja novo ou seminovo, ao adquirir um veículo é muito importante que tenha atenção a alguns detalhes sobre o motor, para não ficar "empanado" quando mais precisa ou gastar horrores com combustível. Vejamos:
  • Existe o mito de que veículos com motores 1.0 são os mais económicos do mercado, mas, em muitos casos, carros com versões mais potentes (1.4 e 1.6) acabam por gastar menos combustível. Fatores como o peso do veículo, terreno e a forma como você conduz, devem ser considerados quanto a isso, porque afetam bastante o consumo de combustível.
  • Se usa o veículo em ambientes urbanos e costuma "andar com o carro pouco carregado" (pouco peso) — seja de pessoas ou materiais —, os veículos 1.0 podem ser a melhor opção. Agora, para quem gosta de viajar e costuma andar por terrenos acidentados, modelos mais potentes são mais recomendados.

Fonte (adaptado): https://www.comparaonline.com.br/blog/

popup1

© 2019 FitPit. Todos os direitos reservados. Desenhado por iLOGO